Oscar 09: Vale a pena ser nomeado?
"Dúvida" é um dos filme que, mesmo com cinco nomeações, não conseguiu dar o salto em termos de receitas.

Oscar 2009Box Office  

Oscar 09: Vale a pena ser nomeado?

Os Oscars nem sempre são sinónimo de maiores receitas de bilheteira. Olhando para os números dos últimos anos, podemos ver que só alguns filmes beneficiaram com toda a exposição que os prémios da academia proporcionam.

A pergunta do título é mais uma provocação do que uma questão real. É duvidoso que algum dos nomeados venha a afirmar alguma vez que isto dos prémios da Academia é uma chatice que não serve para nada.

No entanto, permitam que vos apresente uma teoria que vai contra o que normalmente se pensa acerca dos Oscars.

Sugiro que olhemos para os resultados de uma série de filmes que estiveram na corrida à estatueta e que analisemos se é verdade que as nomeações e os prémios da Academia significam mais dinheiro no Box Office.

A resposta é semelhante a tantas outras nesta área: sim e não. Depende.

Depende da altura do ano em que o filme é lançado. À medida que as janelas de estreia foram encolhendo, os filmes passaram a dar a volta aos ecrãs em todo o mundo em muito menos tempo.

Porque todo o sistema ficou mais ágil e para evitar a pirataria, a passagem do cinema para o DVD e derivados é agora muito mais rápida.

Ou seja, um filme estreado a meio do ano, quando chega aos Oscars já pouco tem a ganhar com nomeações e prémios.

Este ano o melhor exemplo é "O Cavaleiro das Trevas". Foi nomeado em oito categorias mas pouco ou nada lhe valerá no box office pois estreou em Julho do ano passado.

Quanto muito, este novo interesse que cerca o filme servirá para aumentar as vendas noutros canais como o home entertainment ou a televisão.

Será sem dúvida uma fonte de prestígio para realizador e actores - que poderão cobrar mais em projectos futuros - mas em termos de receitas de bilheteira o que havia a ganhar já entrou na altura da estreia em Julho de 2008.

Vamos ver outros exemplos.

O vencedor do ano passado, "Este País Não é Para Velhos" estreou no início de Novembro.

Fez 66% das receitas nos Estados Unidos antes do anúncio das nomeações. 21% entre as nomeações e a cerimónia, e apenas 13,5% após ter ganho o Oscar para melhor filme.

Na entrega de prémios que teve lugar em finais de Fevereiro de 2007, o escolhido como melhor filme foi "The Departed - Entre Inimigos". Um filme que estreou quatro meses antes e fez 92% das receitas no mercado doméstico antes do anuncio dos nomeados.

Apesar de todos estes argumentos, que de alguma forma retiram valor financeiro aos Oscars, existem casos em que o benefício é real.

Para obter o maior retorno possível dos prémios da Academia são necessários dois factores: estrear o mais tarde possível e obter um número significativo de nomeações.

Só assim se consegue destaque suficiente na imprensa mundial que permita impactar o consumidor de cinema de modo eficaz.

Eis dois bons exemplos de como funciona esta receita milagrosa:

"Haverá Sangue" estreou a 26 de Dezembro e teve oito nomeações. "Million Dollar Baby" também foi lançado no último mês do ano e foi nomeado em sete categorias.

Ambos obtiveram a maior parte das receitas de box office no período entre o anúncio dos nomeados e a cerimónia.

"Haverá Sangue" somou 78% de receitas após a saída das nomeações e "Million Dollar Baby" fez ainda melhor, com mais de 90% dos bilhetes vendidos nesse mesmo período.

Regressando à colheita de Oscarizáveis deste ano, logo à partida existem duas estreias de Verão que pouco têm a ganhar: "Wall-E" e o já citado "O Cavaleiro das Trevas".

Na situação oposta, tanto "O Estranho Caso de Benjamin Button" como "Quem Quer Ser Bilionário" têm aproveitado da melhor maneira esta onda de interesse à sua volta. No caso do filme de David Boyle, o buzz é criado a partir de uma acumulação de prémios que tem um fluxo contínuo de referências nos media.


Quanto aos restantes pouco se fala: "Milk", "Dúvida", "Frost/Nixon" e "O Leitor" não escapam à mediania em termos de resultados de bilheteira.

por
publicado 16:53 - 20 fevereiro '09

Recomendamos: Veja mais Artigos de Oscar 2009Box Office